Voltar ao Site Principal

Logo Informativo
Numero Informativo

MAIO JUNHO 2022

Município de Querência (MT) ganha central do inpEV

Vista aérea da central de recebimento de Querência (MT)

SISTEMA EM FOCO

O crescimento do agronegócio na região aumentou a demanda dos produtores rurais, exigindo a ampliação da capacidade de recebimento e processamento de embalagens

Rosangela Soto

Município de Querência (MT) ganha central do inpEV

Unidade deve receber este ano cerca de 800 toneladas de embalagens entregues por agricultores de 15 cidades do Norte Araguaia

 

A mais nova central de recebimento do inpEV foi inaugurada em 11 de maio no município de Querência (MT). A previsão é que em 2022 a unidade receba cerca de 800 toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas, provenientes de 15 municípios do estado: além de Querência, deverá atender aos agricultores de Alto Boa Vista, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Confresa, Luciara, Novo Santo Antonio, Porto Alegre do Norte, Ribeirão Cascalheira, Santa Cruz do Xingu, Santa Terezinha, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Serra Nova Dourada e Vila Rica.

 

Com 1.180 m2 de área construída, a central tem capacidade para receber, processar e destinar corretamente mais de 1 mil toneladas/ano de embalagens. “Como nova fronteira agrícola, a região apresenta um crescimento constante acompanhado pelo inpEV para atender essa demanda crescente. A inauguração da unidade em Querência é muito importante. O município, individualmente, é o maior produtor de soja, milho e algodão do Norte Araguaia”, explica a coordenadora regional de Operações, Rosângela Soto.

 

Desde 2005, o município de Querência conta com um posto de recebimento, gerenciado pela Ardava (Associação dos Representantes de Defensivos Agrícolas do Vale do Araguaia), que vinha recebendo cerca de 400 toneladas por ano. Para facilitar a devolução e não causar problemas ao agricultor, haverá uma transição gradual. “As duas unidades vão coexistir por um tempo, mas, em breve, todas as entregas da região serão unificadas na nova central, totalmente capacitada para atender aos produtores rurais da região”, afirma Rosangela.

 

A central é gerenciada pelo inpEV, de acordo com o Programa de Gestão Integrada das Centrais de recebimento e com as leis que regem a sua atividade – Lei Federal nº 7.802/1989 (alterada pela Lei nº 9.974/2000 e regulamentada em 2002 por seu Decreto Federal nº 4.074).

 

“A ampliação da malha de recebimento facilita a integração entre os elos da cadeia agrícola – agricultores, indústria, canais de distribuição, com apoio do poder público –, permitindo ao Sistema Campo Limpo aperfeiçoar a operação, que é referência mundial e segue colhendo bons resultados. São mais de 670 mil toneladas de embalagens destinadas em 20 anos e hoje cerca de 93% do material plástico recebido é encaminhado para reciclagem”, destaca Antonio Carlos Amaral, gerente de Operações do inpEV.

 

 

 

Central de recebimento de Querência (MT)

 

Endereço: Rua Doze n°122, Setor Chácara

Contato: querencia@inpev.org.br

Responsável: Irineu Moratelli – Supervisor da Central

Celular: (66) 99601 7749

Endereço do agendamento eletrônico: www.inpev.org.br/agendamento

 

 

VEJA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO

Relatório de Sustentabilidade do inpEV registra a evolução dos benefícios do Sistema Campo Limpo

Relatório de Sustentabilidade do inpEV registra a evolução dos benefícios do Sistema Campo Limpo

Juntos pela sustentabilidade no campo

Caminhão da Usina Açucareira Guaíra, de Ituverava, saindo para entrega agendada pelo adEV

Usuários aprovam benefícios do adEV

Ruy Cunha, Presidente Brasil da Lavoro

Lavoro é 100% integrada ao inpEV e ao Sistema Campo Limpo

João Cesar Rando participa de painel no Congresso Brasileiro do Ministério Público de Meio Ambiente

InpEV apresenta boas práticas no Congresso da Abrampa

Posto de Cerquilho recebe cerca de 60 toneladas de embalagens por ano

Posto de Cerquilho chega aos 15 anos com inovação digital