Voltar ao Site Principal

Logo Informativo
Numero Informativo

SETEMBRO OUTUBRO 2021

96 unidades de recebimento, como a central de Araraquara (SP),
        conseguiram doar cestas básicas a mais de 14 mil famílias

96 unidades de recebimento, como a central de Araraquara (SP), conseguiram doar cestas básicas a mais de 14 mil famílias

CAPA

Impactamos milhões de pessoas por meio virtual, mostrando a importância do trabalho integrado do Sistema Campo Limpo

JOÃO CESAR M. RANDO

Engajamento pelo bem do próximo

17ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo arrecada mais de 230 toneladas de alimentos e atinge milhões de pessoas virtualmente

A segunda comemoração virtual do Dia Nacional do Campo Limpo, em 18 de agosto, comprovou, mais uma vez, a força da mobilização dos elos da cadeia agrícola. Conectados virtualmente, milhões de pessoas celebraram os resultados positivos de destinação do Sistema Campo Limpo participando de atividades online e ações de solidariedade. O tema “Responsabilidade para agir e conservar” uniu 96 centrais de recebimento de todo o país, que conseguiram arrecadar mais de 230 toneladas de alimentos, equivalentes a mais de 14 mil cestas básicas.

 

Diversas ações virtuais disseminaram as mensagens do Sistema Campo Limpo. Publicações nas redes sociais do inpEV alcançaram 1,3 milhão de pessoas. Vídeos sobre o Sistema e uma esquete teatral gravada para falar de economia circular para crianças tiveram mais de 230 mil visualizações no YouTube. A celebração da data também foi abordada por influenciadores digitais e tema de reportagens e programas no Canal Terra Viva.

 

O evento oficial no dia 18 de agosto incluiu a inauguração da central de recebimento de Araçatuba, no interior paulista (leia matéria nesta edição).

 

 

Responsabilidade socioambiental

 

As doações de alimentos resultaram de parcerias realizadas pelo inpEV e associações de revendas com instituições locais. Uma importante contribuição veio do Sindiveg (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal). Este apoio permitiu a doação de 2.169 cestas básicas (cerca de 35 toneladas de alimentos) para entidades ligadas a 20 centrais de recebimento do país. Pelo site do inpEV, foram arrecadados mais de mil quilos de alimentos para o Instituto Ser +. A entidade oferece programas para que jovens em situação de vulnerabilidade socioeconômica possam realizar seus projetos de vida.

 

"Essa importante ação de solidariedade acontece em função do entendimento do inpEV sobre sua responsabilidade socioambiental. Neste momento de pandemia, consideramos fundamental dar apoio às comunidades do entorno de nossas unidades de recebimento”, afirma João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV. “Com a celebração, ainda impactamos milhões de pessoas por meio virtual, mostrando a importância do trabalho integrado do Sistema Campo Limpo, que envolve todos os elos da cadeia para seguir a legislação e conservar o meio ambiente”, destaca Rando.

 

 

Doações arrecadadas pela central de São Gabriel do Oeste

Doações arrecadadas pela central de São Gabriel do Oeste

 

As doações foram cadastradas no site do movimento AgroFraterno, iniciativa para arrecadação de alimentos do Sistema CNA/Senar (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil/ Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e entidades do IPA (Instituto Pensar Agropecuária).

 

 

 

 

Doações pelo país

 

Uma campanha de incentivo foi realizada pelo inpEV para estimular as centrais a trabalharem pela doação de cestas básicas, com o objetivo de superar as 155 toneladas de alimentos arrecadadas no ano passado. Conheça as centrais que se destacaram nas diversas regiões.

 

 

A central de Alto Parnaíba (MA) promoveu a doação de 1.829 quilos
              de alimentos. Duas paróquias da região (Nossa Senhora das Vitórias
              e Santa Filomena) receberam as 250 cestas básicas arrecadadas.
              “Houve grande mobilização com produtores e parceiros, incluindo
              mensagens por celular e e-mail. O time da central conseguiu também
              o empréstimo de veículo de um parceiro para retirar as cestas nas
              propriedades”, conta Luana Ribeiro de Araújo, supervisora da
              central.
1 - 10

Alto Parnaíba (MA)

A central de Alto Parnaíba (MA) promoveu a doação de 1.829 quilos de alimentos. Duas paróquias da região (Nossa Senhora das Vitórias e Santa Filomena) receberam as 250 cestas básicas arrecadadas. “Houve grande mobilização com produtores e parceiros, incluindo mensagens por celular e e-mail. O time da central conseguiu também o empréstimo de veículo de um parceiro para retirar as cestas nas propriedades”, conta Luana Ribeiro de Araújo, supervisora da central.

O posto de Bilac (SP) promoveu a doação de 2.418 quilos de
              alimentos. Foram 186 cestas básicas entregues para o Lar São
              Vicente de Paula, em Bilac, e Lar Vovó Tereza e Movimento de Ajuda
              Alan Kardec, ambos em Birigui (SP). “Em nosso último ano como
              central, foi uma satisfação nos empenhar para conseguir as doações
              e continuar ajudando a comunidade em nome da Arian (Associação dos
              Revendedores de Insumos Agrícolas no Noroeste)”, afirma Claudio
              Cortez, gerente do posto.
2 - 10

Bilac (SP)

O posto de Bilac (SP) promoveu a doação de 2.418 quilos de alimentos. Foram 186 cestas básicas entregues para o Lar São Vicente de Paula, em Bilac, e Lar Vovó Tereza e Movimento de Ajuda Alan Kardec, ambos em Birigui (SP). “Em nosso último ano como central, foi uma satisfação nos empenhar para conseguir as doações e continuar ajudando a comunidade em nome da Arian (Associação dos Revendedores de Insumos Agrícolas no Noroeste)”, afirma Claudio Cortez, gerente do posto.

No município de Dourados (MS), a unidade de recebimento,
              gerenciada pela Aregran (Associação das Revendas de Defensivos
              Agrícolas da Grande Dourados), destinou 254 cestas básicas com o
              apoio das entidades Igreja Católica Santa Rita de Cássia, Igreja
              Presbiteriana Independente de Dourados, Associação Espírita
              Emmanuel e Dinâmica Agricola.
3 - 10

Campo Mourão (PR)

A central de Campo Mourão (PR) promoveu a doação de 5.600 quilos de alimentos. Foram 300 cestas básicas entregues o Rotary Club Campo Mourão, que repassou para entidades cadastradas. “Além do apoio do inpEV e da associação local, a Adita (Associação dos Distribuidores de Insumos e Tecnologia Agropecuária) contamos com grande doação de uma empresa do agro na região, que dobrou o que tínhamos conseguido. O resultado do trabalho foi muito reconhecido pela comunidade”, explica Waldir Baccarin, diretor-executivo da Adita e responsável pelas central de Campo Mourão.

O posto de Ilhéus (BA) promoveu a doação de 3.622 quilos de
              alimentos. Foram 295 cestas básicas entregues para a ONG Sul da
              Bahia em Ação. “Conseguimos também a doação do frete para entrega
              das cestas e 400 máscaras da Secretaria de Meio Ambiente de
              Itabuna. Fizemos um trabalho de divulgação de porta em porta de
              empresas e parceiros. Também usamos as redes sociais, tanto para
              divulgar o trabalho do Sistema Campo Limpo quanto as ações de
              solidariedade”, explica Andrea Santos Brito, gerente do posto de
              Ilhéus.
4 - 10

Ilhéus (BA)

O posto de Ilhéus (BA) promoveu a doação de 3.622 quilos de alimentos. Foram 295 cestas básicas entregues para a ONG Sul da Bahia em Ação. “Conseguimos também a doação do frete para entrega das cestas e 400 máscaras da Secretaria de Meio Ambiente de Itabuna. Fizemos um trabalho de divulgação de porta em porta de empresas e parceiros. Também usamos as redes sociais, tanto para divulgar o trabalho do Sistema Campo Limpo quanto as ações de solidariedade”, explica Andrea Santos Brito, gerente do posto de Ilhéus.

No município de Linhares (ES), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 120 cestas básicas, 300 máscaras e
              mais 200 unidades de álcool em gel com o apoio das entidades Ceami
              (Centro de Acolhida Maria Imaculada) e Assoagres (Associação dos
              Revendedores de Insumos Agropecuário do Espírito Santo).
5 - 10

Jataí (GO)

A central de Jataí (GO) promoveu a doação de 2.598 quilos de alimentos. Foram 200 cestas básicas entregues para a Paróquia Divino Espírito Santo. “Juntamente com os associados da Ajade (Associação Jataiense dos Distribuidores de Defensivos Agrícolas), que atenderam de pronto nosso chamado, conseguimos arrecadar 100 cestas doadas pelos associados e mais 100 dos recursos doados pelo inpEV, beneficiando 200 famílias necessitadas" explica Kelly Farina, responsável pela central.

A central de Montes Claros (MG) conseguiu arrecadar 3.400 quilos
              de alimentos. Foram 170 cestas básicas entregues para quatro
              instituições - Luz na Rua, Instituto Castelinho, Centro Espírita
              Alan Kardec e Projeto Acolher. “Abraçamos a ideia e pedimos
              doações para todo mundo. A central está localizada em uma região
              bastante carente e as pessoas se sensibilizaram. Divulgamos muito
              e conseguimos apoio de revendas, transportadoras, família, amigos,
              funcionários, supermercado. A arrecadação resultou de muito
              empenho de uma grande corrente”, conta Maria Terezinha Ralo,
              supervisora da central.
6 - 10

Montes Claros (MG)

A central de Montes Claros (MG) conseguiu arrecadar 3.400 quilos de alimentos. Foram 170 cestas básicas entregues para quatro instituições - Luz na Rua, Instituto Castelinho, Centro Espírita Alan Kardec e Projeto Acolher. “Abraçamos a ideia e pedimos doações para todo mundo. A central está localizada em uma região bastante carente e as pessoas se sensibilizaram. Divulgamos muito e conseguimos apoio de revendas, transportadoras, família, amigos, funcionários, supermercado. A arrecadação resultou de muito empenho de uma grande corrente”, conta Maria Terezinha Ralo, supervisora da central.

No município de Sinop (MT), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo Cearpa (Conselho Estadual de Associações de Revendas de
              Produtos Agropecuários) de Sinop, destinou 40 cestas básicas com o
              apoio das entidades Apae (Associação de Pais e Amigos dos
              Excepcionais) e Acrinorte (Associação dos Criadores do Norte de
              Mato Grosso).
7 - 10

Paragominas (PA)

A central de Paragominas promoveu a doação de 1.020 quilos de alimentos. As 85 cestas básicas foram encaminhadas para duas entidades: Associação dos Moradores do Bairro Nagibão e Abrigo da Criança e do Adolescente de Paragominas. “A quantidade só não foi maior porque a cidade teve várias campanhas de arrecadação de alimentos. Mas conseguimos ajudar bastante as duas instituições”, afirma Mayra Albrecht da Costa, gestora da central.

No município de Teotônio Vilela (AL), a unidade de recebimento,
              gerenciada pelo inpEV, destinou 150 cestas básicas com o apoio das
              entidades Lions Clube Teotônio Vilela, Secretaria de Assistência
              Social de Teotônio Vilela e Adraal (Associação dos Distribuidores
              e Revendedores de Agroquímicos de Alagoas).
8 - 10

Rio Brilhante (MS)

A central de Rio Brilhante (MS) promoveu a doação de 13.250 quilos de alimentos. As doações foram distribuídas para 15 diferentes entidades: Rotary Club de Rio Brilhante; Sociedade São Vicente de Paula das Paróquias dos municípios de Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul; Paróquia Santa Terezinha; Paróquia Imaculada Conceição; Rede Feminina de Combate ao Câncer; Acamari (Associação dos Catadores de Recicláveis de Rio Brilhante); Projeto Pão para os Pequeninos da Igreja Batista; Projeto Social Irmãozinhos, no distrito de Prudêncio Thomaz; e comunidades evangélicas (Igreja Presbiteriana do Brasil, Igreja Presbiteriana Independente, Igreja Congregação Cristã do Brasil, Igreja Adventista do Sétimo Dia, Igreja Só o Senhor é Deus e Igreja Assembleia de Deus Missões).

“Tivemos mais da metade das doações vindas de agricultores e procuramos contemplar as várias entidades ligadas a eles. Acreditamos que o sucesso na arrecadação se deve a dois motivos: idoneidade que a central tem junto à comunidade e parceria com a Ararb (Associação das Revendas e Cooperativas local), que contribuiu para a obtenção de doações junto a representantes da indústria e agricultores", afirma Edson Odair Figueiredo, coordenador de centrais.

No município de Uruçuí (PI), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo inpEV, destinou 100 cestas básicas com o apoio das entidades
              Adra-Nordeste (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos
              Assistenciais), Missão Piauí e Colégio Batista Uruçuí.
9 - 10

Sorriso-Adra (MT)

A central Sorriso-Adra (MT) promoveu a doação de 4.950 quilos de alimentos. As cestas básicas foram destinadas para o Lar São Francisco de Assis. “Temos relacionamento muito bom e próximo com produtores e revendas, o que nos ajudou muito. Todos contribuíram e o sucesso veio do empenho de toda a cadeia – agricultores, revendas associadas à Adra, inpEV, Adra (Associação dos Distribuidores e Representantes de Produto Agroquímico), fabricantes, como a Syngenta, e colaboradores. Foi um movimento maravilhoso para ajudar o próximo”, destaca Natália Silva Soares dos Santos, gestora responsável pela central.

No município de Vacaria (RS), a unidade de recebimento, gerenciada
              pelo inpEV, destinou 350 cestas básicas com o apoio das entidades
              HM Serralheria, Agropecuária Pepa, Pro Bim Engenharia, Tua Rádio
              Fátima, Cor & Cia Tintas, Mimos by Paola Frozi, Lancheria &
              Restaurante La Bodega, Emater, Agrimar, Florença, C20, Futura
              Agrícola, Agroin e Agrocaxias.
10 - 10

Vacaria (RS)

A central de Vacaria (RS) promoveu a doação de 8.950 quilos de alimentos. As cerca de 350 cestas básicas arrecadadas foram entregues para o Lar Divina Providência, para o Lions Clube Leonas e para produtores de baixa renda. “Fizemos um grande trabalho de divulgação usando telefone, mensagens por celular e contato direto. Foi um trabalho de formiguinha que rendeu doações de cerca de 60 revendas da região, agricultores, fornecedores e outras empresas parceiras. Superou nossa expectativa e das entidades que receberam as doações. Ficamos muito satisfeitos com o resultado”, declara Charles Mello da Silva, supervisor da central.

Programação

Durante a semana, o Dia Nacional do Campo Limpo teve programas transmitidos pelo Canal Terra Viva e vídeos sobre o Sistema Campo Limpo exibidos em redes sociais. Acesse!

 

 

 

 

O evento oficial foi exibido no programa Dia Dia Rural, incluindo a transmissão da cerimônia de inauguração da central de Araçatuba (SP).

 

 

 

 

Também fez parte da comemoração o programa Agro 360 Especial, com a participação de representantes de elos da cadeia agrícola e convidados.

 

 

 

 

A esquete teatral “Canal da Lô e da Rê” foi divulgada para mostrar para as crianças, de forma divertida, como a economia circular faz bem para o planeta.

 

 

 

 

Confira também o filme de encerramento, que traz os melhores momentos das ações de solidariedade e de toda celebração

 

 

 

VEJA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO

A força da nossa união

InpEV inaugura nova central em Araçatuba (SP)

InpEV inaugura nova central em Araçatuba (SP)

Fornecedor do inpEV reutiliza 70% dos bags usados no Sistema Campo Limpo

Fornecedor do inpEV reutiliza 70% dos bags usados no Sistema Campo Limpo

Asfron mantém parceria de sucesso com o Sistema Campo Limpo

Asfron mantém parceria de sucesso com o Sistema Campo Limpo