Alagoas ganha central de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos

Unidade instalada em Teotônio Vilela tem capacidade de receber anualmente mais de 150 toneladas do material

São Paulo, julho de 2020 – O Estado de Alagoas acaba de ganhar uma nova central de recebimento de embalagens vazias de defensivos agrícolas em Teotônio Vilela. A unidade entrou em operação no último dia 20, sob a gestão do inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) com apoio da Adraal (Associação dos Distribuidores e Revendedores de Agroquímicos de Alagoas).

A central tem capacidade para receber anualmente mais de 150 toneladas desses resíduos e amplia a malha do Sistema Campo Limpo, programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas, acompanhando as necessidades do setor agrícola. 

A implantação da unidade de recebimento segue as normas da Lei nº 9.974/00, que disciplinou a logística reversa desse material e estabeleceu responsabilidades compartilhadas entre agricultores, canais de distribuição, indústria e poder público.

O posto fica localizado no Rodovia AL 105, S/N – Polo Industrial Governador Eduardo Campos. O horário de funcionamento de segunda a quinta-feira é das 7h às 12h, e das 13h às 16h; e na sexta-feira é das 7h às 12h, e das 13h às 15h. O responsável é Licinio de Souza Loureito Neto. Para mais informações, ligar para (82) 98234-7036.

Sobre o inpEV

Desde 2002, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) é entidade gestora do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no Facebook, Youtube e Instagram.

Informações para a imprensa:
Ogilvy PR – Adriane Froldi - adriane.froldi@ogilvy.com
Celular / WhatsApp: 11 99105 7831


Fonte: