Programa de Educação Ambiental Campo Limpo é aplicado pela primeira vez em escolas da cidade de São Paulo

Projeto-piloto é fruto da parceria com a Secretaria Municipal de Educação

São Paulo, março de 2020. O Programa de Educação Ambiental (PEA) Campo Limpo, desenvolvido pelo inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), chega a escolas do munícipio de São Paulo, depois de dez anos de uma bem-sucedida trajetória. O projeto-piloto aconteceu entre outubro e dezembro do ano passado e contou com o apoio da secretaria municipal de Educação de São Paulo. Por meio das Diretorias Regionais de Ensino, 65 escolas municipais da cidade implementaram o PEA.

"A intenção foi levar a proposta pedagógica do PEA tanto para a população que vive nas pequenas cidades quanto para as grandes metrópoles. Foi possível constatar que a abordagem sobre responsabilidade compartilhada na gestão de resíduos sólidos funciona bem no campo e na cidade. Na cidade de São Paulo, foram distribuídos 319 kits educativos para quatro Diretorias Regionais de Ensino – Butantã, Campo Limpo, Capela do Socorro e Penha. Além disso, 88 professores receberam formação específica para utilizar o material", destaca Anna Leticia Malagoli Silva, coordenadora de Educação do inpEV.

Uma das principais inovações da atual edição do PEA é o alinhamento dos conteúdos pedagógicos à Base Nacional Curricular Comum, mais conhecida pela sigla BNCC. "Para São Paulo houve o alinhamento também ao Currículo da Cidade" complementa Anna Leticia.

As equipes da secretaria envolvidas destacaram a possibilidade de aprofundar, durante o processo de formação de professores, a reflexão sobre as dimensões política, econômica, social e cultural da educação ambiental. "O material de apoio apresentado tem grande valor pedagógico, auxiliando os docentes na abordagem da educação ambiental de forma lúdica. Incentiva ainda o protagonismo estudantil e potencializa o trabalho para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), como preconizado no Currículo da Cidade de São Paulo", afirma Eduardo Murakami da Silva, formador da Diretoria Regional de Ensino da Capela do Socorro.

As ações para a continuidade da parceria estão caminhando. "É muito viável que continue porque a educação ambiental permite a reflexão acerca de uma gama gigantesca de assuntos, possibilitando que educadores e educandos se apropriem verdadeiramente da causa e se tornem agentes efetivos de transformação", completa Eduardo.

Programa de Educação Ambiental Campo Limpo – PEA

O PEA é parte das ações de educação e conscientização do inpEV, entidade gestora do Sistema Campo Limpo (programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas). Entre 2010 e 2019, o programa atingiu 1,6 milhão de alunos de 4º e 5º anos do Ensino Fundamental de escolas do entorno das centrais de recebimento.

Os materiais dão suporte em temas alinhados à Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) e aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs). Desde o ano passado, os conteúdos pedagógicos estão alinhados à Base Nacional Curricular Comum, mais conhecida pela sigla BNCC, e trabalham os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Sobre o inpEV

Desde 2002, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) é entidade gestora do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo estão disponíveis no site www.inpev.org.br, no Facebook, Youtube e Instagram.

Informações para a imprensa:
Ogilvy PR – Adriane Froldi - adriane.froldi@ogilvy.com
Celular / WhatsApp: 11 99105 7831


Fonte: