Voltar ao Site Principal

Logo Informativo
Numero Informativo

MARÇO ABRIL 2022

Olímpio recebe visitantes no stand do inpEV na Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR)

Olímpio recebe visitantes no stand do inpEV na Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR)

EM MOVIMENTO

Esses números positivos resultam da integração de fabricantes, importadores, registrantes, agricultores, distribuidores e o poder público. É muito bom apresentá-los ao vivo de novo

Fabio Macul

inpEV e Sistema Campo Limpo voltam a participar de eventos presenciais

Feiras e congressos retomam o modelo que facilita a aproximação com os públicos-alvo

 

Depois de dois anos de interrupção em razão da pandemia, feiras agrícolas e congressos retomam o modelo presencial. Apesar de o setor ter contado com vários eventos virtuais, todos estavam ansiosos para desfrutar dos benefícios de utilizar os espaços físicos para conhecer produtos, serviços e inovações. O inpEV também já começou a apresentar o Sistema Campo Limpo nessas ocasiões.

 

De 7 a 11 de fevereiro, o Instituto participou de um dos maiores eventos do setor, a Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR). Em uma iniciativa conjunta com associações e revendedores do Paraná, a participação celebrou os 20 anos do inpEV completados em dezembro e a marca histórica de mais de 650 mil toneladas de embalagens pós-consumo de defensivos agrícolas destinadas corretamente durante duas décadas, o que equivale a 94% do total comercializado no Brasil.

 

“Esses números positivos resultam da integração de fabricantes, importadores, registrantes, agricultores, distribuidores e o poder público. É muito bom apresentá-los ao vivo de novo”, destacou Fabio Macul, coordenador regional de Operações do inpEV, presente no evento. Os produtores rurais e os profissionais do agro puderam conhecer, no stand do Instituto, a trajetória do inpEV e o caminho percorrido pelas embalagens de defensivos agrícolas, da compra ao processo de transformação, conhecendo também artefatos produzidos pela reciclagem desse material.

 

 

 

TecnoAgro e Cirsol

Em Chapadão do Sul (MS), o inpEV participou, de 5 a 8 de março, da 24ª edição da TecnoAgro. Em parceria com Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Mato Grosso do Sul), Andav (Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários) e Mútua MS (Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea MS), a entidade apresentou o Sistema Campo Limpo e seus resultados. Houve palestras do coordenador Hamilton Rondon Flandoli para estudantes de agronomia e agricultores. Para os produtores rurais, o destaque foi para a importância de utilizar a ferramenta de agendamento eletrônico de devolução (adEV).

 

 

Produtores rurais são recebidos, na TecnoAgro, por Hamilton Rondon Flandoli, coordenador regional do inpEV

Produtores rurais são recebidos, na TecnoAgro, por Hamilton Rondon Flandoli, coordenador regional do inpEV

 

A experiência do inpEV e do Sistema foi compartilhada também na CIRSOL - I Conferência Internacional de Resíduos Sólidos, realizada de 16 a 18 de março, em Recife (PE). Em 41 mesas-redondas, o evento reuniu 177 palestrantes de 9 países (Alemanha, Argentina, Brasil, China, Colômbia, Estados Unidos, Inglaterra, Portugal e Suécia).

 

No dia 16, o diretor-presidente do inpEV, João Cesar Rando, foi um dos debatedores da mesa-redonda “Sistemas regulados X sistemas não regulados - vínculos com obrigações legais”, que discutiu as diferenças na implementação e na assunção de responsabilidades das obrigações listadas no artigo 33 da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) entre as cadeias reguladas e as ligadas às embalagens em geral.

 

No dia seguinte, Mario Fujii, gerente de Logística do inpEV, participou do painel “Estratégias Privadas de Financiamento”, com foco na Lei nº 12.305/10, que traz a figura da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos. O gerente levou para o debate a expertise do inpEV como gestor do programa de logística reversa do Sistema Campo Limpo. “Foram debates importantes porque cada setor tem sua especificidade. A questão crítica está na priorização do tema, na capacitação e na disponibilização de recursos financeiros e/ou benefícios fiscais. Nesse cenário de mudanças climáticas, a transversalidade e os princípios ESG com envolvimento da sociedade e dos elos da cadeia serão fatores críticos para mitigar os riscos ao meio ambiente e à segurança alimentar”, completa o gerente.

 

 

Apresentei a visão inclusiva de atender a todos os agricultores por meio de postos e centrais, e de ações de recebimento itinerante (RI)

Mario Fujii

Congresso Nacional do Ministério Público

No final de março, Mario Fujii também representou o inpEV no XXIV Congresso Nacional do Ministério Público, realizado de 23 a 25, em Fortaleza (CE). No painel Meio Ambiente do Futuro, o gerente demonstrou como o trabalho do Sistema Campo Limpo, por seguir os princípios do ESG, tem importantes resultados de ecoeficiência. Desde 2002, o Sistema evitou, por exemplo, o consumo de 36 bilhões de megajoules, suficiente para abastecer 5,2 milhões de residências durante um ano. “Apresentei ainda a visão inclusiva de atender a todos os agricultores por meio de postos e centrais, e de ações de recebimento itinerante (RI). No Ceará, além dos três postos de recebimento, houve 35 RIs no ano, que atenderam 35% dos municípios. Quanto ao futuro, é fundamental a visão colaborativa, onde todos nós estamos inseridos. Somos parte integrante tanto para manter ou destruir o meio ambiente e o futuro das nossas gerações”, conclui.

 

 

Visita da Enactus Brasil

Representantes da Enactus Brasil – entidade que fomenta o empreendedorismo social estudantil – estiveram no escritório do inpEV, em 27 de janeiro, para planejar as atividades de 2022, sexto ano dessa parceria. “Foi uma oportunidade de apresentarmos com mais detalhes o propósito do inpEV, que encantou a todos. Eles puderam conhecer melhor essa iniciativa sustentável do agro brasileiro, o que é importante para nossa reputação e credibilidade junto ao público universitário”, destaca Marilene Iamauti, gerente de Sustentabilidade do inpEV.

 

“Foi enriquecedora para nosso staff a conversa sobre agronegócio, inpEV, economia circular e imagem do País no exterior. Que essa parceria entre o Inpev e a Enactus dê ainda muitos frutos para todos nós, mas principalmente para o Brasil”, afirma Joana Rudiger, presidente da Enactus Brasil.

 

 

Staff da Enactus Brasil é recebido por Marilene Iamauti, gerente de Sustentabilidade do inpEV

Staff da Enactus Brasil é recebido por Marilene Iamauti, gerente de Sustentabilidade do inpEV

VEJA TAMBÉM NESTA EDIÇÃO

CAMPANHA #UNIDOSSOMOSMAIS REFORÇA IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO ENTRE AGRICULTORES, REVENDEDORES, INDÚSTRIA E PODER PÚBLICO PARA O SUCESSO DO SISTEMA

Uma corrente que leva ao sucesso

União nos torna mais fortes

Material educativo da edição 2022 do PEA Campo Limpo

Edição PEA 2022 leva para escolas reflexão sobre logística reversa

WELLES PASCOA, CEO DA AGROGALAXY

Atuação do inpEV está alinhada à jornada ESG da AgroGalaxy

POSTO DE GAÚCHA DO NORTE, NO MATO GROSSO, GERENCIADO PELA ARDAVA

Posto de Gaúcha do Norte comemora 10 anos com recebimento em ascensão

NOVA CENTRAL DE BALSAS É A ÚNICA CREDENCIADA AO INPEV NO MUNICÍPIO

inpEV inaugura central em Balsas (MA)